Olha ele, disse o açougueiro, parece um capiau
Anda todo encolhidinho, tadinho
De cabeça baixa, encurvado
Passos rápidos, olhar recolhido
Não dá um pio o dia todo

Bem que eu queria esse capiau
Aquele jeitinho sereno de interiorano
Combina com o meu de suburbana
Carinha de quem não faz mal a uma mosca
De quem não revida provocações

Mas já aprendi muitas lições
Com homens que não fazem mal a ninguém
A não ser a mulheres que lhes querem bem

Leitora e escrevedora de transporte público. Instagram: @santosacarolina

Leitora e escrevedora de transporte público. Instagram: @santosacarolina