Submarino

Foto: Ana Carolina Santos

Sou uma grande fã das palavras
Presto atenção aos pronomes

Em meus escritos,
refiro-me a você
na terceira pessoa do singular
Ele — pronome pessoal do caso reto

Em seus escritos,
você se refere a mim
como “você”
Pronome pessoal de tratamento

Você sabia que “você”
antigamente era Vossa Mercê,
que depois virou vosmecê,
até, enfim, você?

Já vossa existe até hoje
Pronome possessivo
da segunda pessoa do plural
Mas ninguém usa

Às vezes, você usa tu
Segunda pessoa do singular
Como no idioma do país
onde você vive

« E os olhos no teu
sorriso tão apático »

Teu
Tua
Pronomes possessivos
da segunda pessoa do singular

Você acha meu sorriso apático
Mas não indiferente ou insensível
Não de um jeito ruim,
você disse

« Um sorriso muito emblemático,
como o de Mona Lisa »

Retratada por Da Vinci,
que nasceu em Florença no século 15,
mais de 500 anos antes de você,
que nasceu em Florença no século 20

500,
que é a idade do meu país
Cinquecento,
aquele carro do seu país

Quase dois anos atrás, escrevi:

« Sou eu te atacando com meu desejo
no banheiro da casa onde vivo em Florença
É você ligando pro meu telefone fixo
de uma estação em Nápoles »

Outro “você”
Outro “te”
Pronome pessoal do caso oblíquo
Segunda pessoa do singular

Era eu sendo Elena Greco
Agora sou eu sendo eu
E você é você
Até, enfim, você

--

--

Leitora e escrevedora de transporte público. https://linktr.ee/santosacarolina

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store